quarta-feira, 29 de abril de 2015

Bocale, transformando vinho em poesia!

Olá meus amigos,  como vocês estão?  Hoje é com prazer que vou falar de uma cantina de condução famíliar e de grande potencial. Sempre na bela região da Umbria em Montefalco,  a vinícola se chama Bocale que na linguagem da zona significa mais ou menos um caneco de vinho ou óleo de oliva e também como era conhecida a família na região .
  A origem da cantina é baseada em origens do início de 1940 ou até mesmo antes,  quando a família Valentini fazia óleo de oliva e vinho para consumo familiar , sempre trabalharam com a terra e sempre valorizaram a zona a qual pertencem.
Depois de muitos anos trabalhando com Oliveiras,  no início do ano 2002 a família Valentini decidiu interpretar a vocação do território para fazer vinhos,  e com muita paixão e dedicação nasceu a empresa Bocale.  Com simplicidade e audácia a família conduz a produção do vinho sagrantino de maneira artesanal e de grande  expressão.  São vinhos que falam por si só,  desde o autóctono citado acima ao Montefalco Rosso e o Sagrantino passito,  é poesia pura transmitida em uma garrafa de vinho.  Muito boa e de grande caráter a Grappa feita de Sagrantino,  que seria um tipo de água ardente.  Degustei os vinhos da vinícola Bocale e foi como sentir o território de montefalco na minha pele,  a diferença entre um bom produto e um excelente é a paixão e força de vontade que alguém coloca no que faz, e isso não faltou nesses vinhos.
  O Sagrantino Bocale é intenso, elegante e não deixa a desejar,  um vinho complexo e da meditação. O Montefalco Rosso é menos agressivo,  mas também é muito bem estruturado e tem sua complexidade, aconselho com carne vermelha e queijo envelhecido.  O sagrantino passito é sensacional ótimo para acompanhar tortas de frutas vermelhas e bolo seco.
Ter conhecido a cantina Bocale foi como mergulhar na cultura do vinho de Montefalco, expressão do território feita de maneira natural e responsável, sem agredir a natureza e mantendo respeito pela terra que dá os frutos a quem a respeita.
Gostaria de agradecer a Valentino Valentini e Família pela acolhida e por ter mostrado como se faz bons vinhos com amor e dedicação a um território que nasceu para brilhar no mundo do vinho.
Saúde a todos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário